NOSSAS
CIRURGIAS



Blefaroplastia

Procedimento de Plástica Ocular que visa melhorar a aparência das pálpebras superiores e inferiores eliminando rugas, bolsas de gordura ou flacidez. Seu principal objetivo é rejuvenescer a face.

Cirurgia de estrabismo

O procedimento cirúrgico para a correção do Estrabismo é feito apenas nos músculos que controlam o movimento dos olhos. Seu objetivo é reestabelecer o equilíbrio entre as forças musculares dessa região para reposicionar o globo ocular e restaurar a visão binocular.

Cirurgia de pterígeo

A conjuntiva é um tecido transparente que recobre a esclera, a parte branca do olho. Quando esse tecido fica mais espesso e cresce sobre a Córnea, leva o nome de Pterígio. Durante a cirurgia, o tecido que começou a recobrir a Córnea
é retirado totalmente. Quando necessário, é retirada conjuntiva de outra parte do olho para substituir a que fora retirada.

Cirurgia refrativa

Procedimento feito com raio laser que corrige a curvatura da Córnea. Pode ser usada para corrigir problemas de visão, como miopia, hipermetropia ou astigmatismo. Mesmo com uso de técnicas modernas, nem todas as pessoas podem ser submetidas a uma cirurgia refrativa. Antes de marcar o procedimento, são feitos diversos tipos de exames pré-operatórios para avaliar se a estrutura da córnea suporta a cirurgia.

Cirurgias de entrópio e ectrópio

Cirurgias de Plástica Ocular que corrigem o posicionamento incorreto das pálpebras e dos cílios. Nos casos de Entrópio, os cílios ficam invertidos para dentro e tocam o globo ocular, o que acarreta irritação constante e até perfurações, nos casos mais graves. No Ectrópio, a pálpebra fica dobrada para fora, causando exposição ocular e muita irritação.

Facoemulcificação

A facoemulsificação é um método para a remoção da Catarata. Durante o procedimento, é realizada uma micro incisão na córnea, cerca de 2,5 mm, para fragmentar e aspirar o cristalino doente e implantar uma Lente Intra Ocular (LIO). O procedimento é rápido e indolor. No caso de Catarata nos dois olhos, as cirurgias são feitas em datas diferentes.

Implante de anel de ferrara

O Anel de Ferrara é uma órtese, no formato de semicírculo, confeccionado no mesmo material das lentes intraoculares. Seu implante é indicado nos casos mais agudos de Ceratocone ou de deformidades corneanas. Sua função é alterar a curvatura da Córnea na quantidade necessária para a correção que se deseja obter. A cirurgia é reversível e não causa danos à Córnea do paciente.

Trabeculectomia

Cirurgia indicada em casos graves de Glaucoma. Seu objetivo é criar um canal alternativo para drenar o humor aquoso, diminuir a pressão intraocular e, consequentemente, evitar a progressão de lesões no nervo óptico.

Transplante de córnea

Consiste na substituição da Córnea que está comprometida com opacidades, ceratocone, úlcera de córnea, leucomas, traumas ou perfurações por uma Córnea sadia, transparente, procedente de banco de olhos.

Existem duas modalidades de transplante de Córnea: penetrante e lamelar. Enquanto o primeiro substitui toda a Córnea, o segundo troca somente uma parte. O tipo de transplante indicado varia de acordo com a doença.

Vitrectomia

Procedimento que remove parcial ou totalmente o humor vítreo – substância gelatinosa, composta por água e sais, que preenche o olho – para tratar diversas doenças, entre elas: Retinopatia Diabética, Descolamento da Retina e Buraco Macular. Durante a cirurgia, realizada sob anestesia local, o vítreo é substituído por uma solução salina.