08/06/2016 00:00:00

Como é definida a cor dos olhos?

Tudo depende da genética


A espera de um filho que vai nascer é sempre muito motivadora e especial. E isso vai desde os detalhes do novo quartinho até as características físicas que o esperado bebê terá. Um menino ou uma menina? Será parecido com a mãe ou com o pai? E a cor dos olhos e do cabelo?

É claro que não poderíamos deixar de falar sobre a cor dos olhos – afinal, ela é sempre muito comentada entre os parentes. Mas, a grande questão é: você sabe como é definido a cor dos olhos? Existem várias histórias sobre isso e que foram passando de geração a geração: “até um ano muda”, “meu filho nasceu com olhos claros e assim os terá”, “nasceu com os olhos da mãe”, entre outros.

Na realidade, a cor dos olhos de um recém-nascido, em sua maioria, pode ser acinzentado ou em tom azul-escuro. É que a célula responsável por produzir a melanina ainda não foi estimulada a fazê-lo e a quantidade desse pigmento pode aumentar durante os primeiros anos de vida, ocasionando mudanças de tons na íris – parte do olho que fica em volta da pupila e responsável por produzir o efeito da cor dos olhos.

Entenda

A quantidade do pigmento – quanto menos, mais claro será a cor dos olhos – é projetada conforme a bagagem genética que o bebê receberá dos pais, mas poderá ir alterando o tom a partir do nascimento até por volta de um ano. No entanto, se o seu filho nascer com a cor dos olhos castanhos ou pretos, eles tendem a ficar assim. Mas, se forem claros, ainda podem mudar, assim como também a cor do cabelo e da pele.

O importante é que os olhos de seu bebê sejam saudáveis. Por isso, até os nove anos de idade, leve-o sempre em consultas anuais com o oftalmologista.





ULTIMAS
NOTÍCIAS