01/07/2016 00:00:00

Mãe de paciente com Ambliopia mostra que tratamento pode ser divertido

Com criatividade e traços cuidadosos, cada tampão ganhou um colorido especial com temas de super-heróis


Em fevereiro, quando a dona de casa Tamiris Franciele Alves de Oliveira notou que seu filho Enzo Gabriel Alves da Fonseca, de 4 anos, tinha dores de cabeça constantes, decidiu procurar ajuda. Portadora de uma alta miopia, ela suspeitou que o mesmo acontecia com o filho. Após uma consulta com o oftalmopediatra Ronald Broner, do Horp, Enzo foi diagnosticado com Ambliopia.

O susto foi grande, mas após o médico explicar tudo sobre o problema, Tamiris se tranquilizou e teve uma ideia para incentivar o menino a usar os tampões, única forma de tratamento da Ambliopia. “Quando meu filho colocou o primeiro tampão, assustei, pois parecia que ele não tinha um olho. Ele também não gostou nada daquela sensação”, diz Tamiris. Com criatividade e traços cuidadosos, cada tampão ganhou um colorido especial com temas de super-heróis, os preferidos de Enzo. “Pesquisei na internet os heróis e desenhei nos tampões. Enzo adorou a ideia e, hoje, ele mesmo escolhe o tampão que vai usar no dia. Na escola, ele virou sensação, pois os amiguinhos querem ver os desenhos”, explica.

Segundo o oftalmopediatra Ronald Broner, existem tipos diferentes de tampões no mercado, entre eles os que são colocados nos óculos e outros colados diretamente na pele. “Pelos casos relatados na literatura e pela minha experiência nesses quase 17 anos de oftalmologia, o tampão que melhor funciona é o colado na pele, pois ele impede totalmente a incidência de luz no olho ocluído”, diz Broner.

O tempo de uso varia em cada caso. “Não há um período determinado para a utilização do tempão. Já tive pacientes em que o tratamento durou alguns dias e outros, que se estendeu por anos. Tudo depende da evolução de cada caso”, explica o oftalmologista. Broner destaca que a utilização correta do tampão é imprescindível para o sucesso do tratamento. “A atitude dessa mãe é muito positiva e vejo como uma boa ideia. Afinal, tudo que possa contribuir para a adesão da criança ao tratamento é muito válido. ”

Para alertar as mães sobre a importância do tratamento, Tamiris criou uma página no Facebook na qual mostra os tampões que faz para o filho. Confira!





ULTIMAS
NOTÍCIAS